sábado, 27 de novembro de 2010

Semana Cultural

Minha semana pode não ser interessante para quem lê ou saber o que as outras pessoas fizeram pode ser entediante, mas eu preciso compartilhar a semana cultural que eu tive. 





Começando por Tim Burton. Quando eu era criança eu já tinha visto, mas recentemente eu lembrei partes, e eu lembro que eu tinha ficado maravilhado com o fato de ser animação (stop motion na verdade, mas crianças não sabem distinguir não é?) e não lembro se eu sabia ler, fato é que eu não lembrava dos diálogos nem pelas legendas. Anyway, muitos anos se passaram até que eu vi de novo, e percebi coisas que eu não tinha percebido quando criança, a genialidade do primeiro stop motion feito por um dos nomes mais fodas do cinema atual: Tim Burton.

O curta em questão é Vincent esse estranho garoto que tem a vida narrada em rimas por Vincent Price, o qual o garoto sonha em ser. Você poder ver legendado no youtube clicando aqui. Coloquei o player do Vimeo aqui porque é mais bonito ok?







Preciso falar também da coisa que me deixou mais feliz essa semana. A linda da Aline me enviou um presente de aniversário, que devido a distância demorou um pouco pra deixar. Foram semanas de tortura, ela me despertando curiosidade e eu imaginando qual seria o presente, não cheguei nem perto, e o presente me fez mais feliz do que me faria se eu recebesse qualquer outro que eu imaginei.


O presente é um CD da minha banda favorita do momento (The Killers ainda te amo), HURTS, já falei a little sobre ela no tópico de Harry Potter, mas como eu disse, Hurts terá um post só sobre ela.


Ps: Veio com um cartãozinho escrito: "To my bitch, from your queen xx" ela é demais né? Né?

Ainda sobre curtas, vi um filme que na verdade são vários curtas dirigidos por vários diretores entre eles Gérard Depardieu e Wes Craven. O nome da obra é Paris Je T'aime. Deixando de lado a genialidade de alguns diretores, o coletivo de curtas é sensacional, fotografia fodissima na maioria dos curtas, as histórias são envolventes abordando temas como drama, arte, e coisas cotidianas que acontecem com os cidadãos da cidade luz e até turistas. Em algum deles a história te engana, você pensa que se trata de uma coisa, mas na verdade é outra. É fascinante. Nunca tive o imenso desejo da maioria das pessoas de ir a Paris, sempre preferi outros lugares, mas depois desses curtas senti sim a vontade de conhecer a cidade luz também conhecida por cidade dos amantes.


Os curtas que eu mais gostei foram esse do palhaço acima, e do cego. tem vários incríveis, super indico.
Trailer abaixo. Não achei no vimeo, então vai o player feio do youtube mesmo.


Não preciso dizer o óbvio que o pouco do show do Paul McCartney que foi transmitido foi sensacional né? Ok, então termino esse post que ninguém quer saber.

Ps: Agradecimentos especiais ao Rocco, pela ideia do Trailer.

Um comentário:

  1. e se você se comportar e for um bom menino, em janeiro tem outra surpresa from galeria do rock -]
    u know u love me, xoxo chuck bass

    ResponderExcluir